Sábado, 27 de Outubro de 2007

Brasão de Loriga

   Continua na internet a discussão sobre as armas de Loriga.

   Esta vila é uma freguesia do concelho de Seia, que não tem brasão legal.

   Penso que esta discussão, tem vindo trazer mais confusão a um processo que é claro como água, e já foi explicado por mim, em nome de uma empresa (Diácria) que a meio do percurso, interveio no mesmo.

   Loriga teve uma proposta do Sr. José Bènard Guedes, que é o secretário geral da Comissão de Heráldica da Associação dos Arqueólogos Portugueses; se a tivesse aceite, já teria esse problema resolvido há muito tempo. É uma proposta que eu assinaria de cruz, embora não goste do plourinho, que retiraria; como o fiz, aliás, nas duas ou três propostas seguintes, da Diácria.

   Como já tive a oportunidade de esclarecer alguém, sobre este assunto, continuo disponível para voltar ao mesmo, caso alguém de direito o pretenda.

   Nesta última polémica chegada até mim pela internet, confirmo que o Instituto da Nobreza Portuguesa! não é para aqui chamado, nada tem a ver com este assunto. Aliás: será que isto existe? 

   Também gostava de saber a quem é que a junta pagou tanto dinheiro? À CHAAP e à Diácria já pagou algum, mas não tanto.

   E a cruz, qualquer que seja estará sempre fora do contexto em Loriga e em minha opinião deve ser substituida pela loriga (lorica ou couraça), pois é uma peça heráldica falante que aqui, nas armas de Loriga, tem todo o cabimento.

   A loriga,  a estrela e a roda hidráulica/rodizio, são a melhor simbologia para o brasão de

Loriga, independentemente das cores ou  da arrumação que às peças queiram dar.

   Tal como tem acontecido, noutros casos em que as dúvidas são muitas, estou disponível para me deslocar à freguesia e in loco, esclarecer os interessados no que à heráldica diz respeito, sobretudo, às suas boas regras; se para esse fim receber um convite do executivo da autarquia, que é o cliente da Diácria, sem custos para a mesma.

   Sei que não sei tudo, mas conheço as atribuições da Assembleia de Freguesia, nesta matéria; não podendo este órgão executivo, sobrepor-se às leis gerais da República, como às vezes parece querer acontecer, só lhes faltando exercer o poder de emitir dinheiro.

   Já fui a assembleias de freguesia, dos mais variados quadrantes políticos, onde a educação imperou, mas o contrário, também, foi válido. Se for para esclarecer o que estiver ao meu alcance, eu vou; se for para ouvir gritaria como é habitual com alguns políticos, o melhor é ficar em casa.

 

   A/C

 

 

publicado por tiagodacruz às 11:27
link | comentar | favorito
432 comentários:
De Zeca Maria a 10 de Junho de 2020 às 14:07
A vergonhosa e tristemente famosa saga da heráldica de Loriga, criada há décadas pelo Zeca Maria e que ele teima em manter, é apenas um entre muitos exemplos da forma de atuar desta personagem: Primeiro nega os problemas, começando pelos que ele cria, e quando já não pode negá-los desvaloriza-os, maltrata e aponta como inimigos de Loriga quem os denuncia, começando pelos loriguenses que têm mais capacidades e que apresentam soluções. Entretanto enceta uma fuga em frente e apenas quando a situação se torna insustentável para ele é que finalmente tenta resolver os problemas, mas invariavelmente faz merda. Finalmente depois de fazer merda tenta negar e desvalorizar a merda que fez, maltrata quem denuncia essa merda, e mantem a sua posição e a fuga em frente mesmo sabendo que está a prejudicar Loriga, a imagem desta vila e a imagem dos loriguenses!! Para ele, e para os seus capangas e lacaios, Loriga é ele, a Junta de Freguesia é ele, a Assembleia de Freguesia é ele, e quem não o apoia é inimigo de Loriga, é odiado pelos loriguenses e não é bem-vindo na vila!! Os seus capangas e lacaios maltratam, insultam e caluniam quem não concorda com ele, inclusive na internet e essa vergonha viu-se na Wikipédia, no site Terras de Portugal, no site Porta da Estrela, no site Loriga.de atribuído ao Adelino Pina Fariseu Alemão, etc!! Não é por acaso que se tornou um fardo insuportável para o partido que o inicialmente o apoiou no passado, aliás nenhum partido o quer apoiar e isso fez aumentar a sua já antiga faceta populista tosca e saloia que se tornou a maldição de Loriga. Maldição porque qualquer tipo de populismo gera carneirada acéfala que usa óculos de sola, com consequências trágicas, como a história está farta de o demonstrar, e neste caso está em causa esta bela e histórica vila, a imagem de Loriga e a imagem de quem nela nasceu! O Zeca Maria tem muita cagança, apresentou-se como "salvador da pátria" (de Loriga), finge sabedoria e competência que nunca teve, proclama o amor à sua terra mas tem vergonha do nome e da história desta vila, nome que gostaria de alterar e também por isso acha vergonhoso que o brasão tenha uma Loriga e em 2002 quis substituí-la por uma cruz ( para dar a entender que os católicos loriguenses também têm vergonha do nome ) e em 2018 quis eliminá-la. Aliás, se calhar também passou a ter vergonha por Loriga estar situada no coração da Serra da Estrela e por esta vila ser uma estrela nesta serra e por isso em 2018 também não quis a estrela no brasão!! O Zeca Maria há décadas que arrasta na lama a imagem de Loriga, a imagem dos loriguenses e a imagem da autarquia, e não apenas com a vergonhosa saga da heráldica!! Apesar de autarca despreza, maltrata, menoriza, subestima e ignora a rica história (quis eliminar a história de Loriga no site da autarquia) e a rica identidade histórica e cultural de Loriga, cujo nome o envergonha, e o resultado é: o Brasão de Vale da Cruz de 2002 e o Brasão das Espigas e do Carreto de 2018, indignos de Loriga e odiados pelos loriguenses!!! Legalizada ou não, ele e os seus capangas e lacaios acham que qualquer merda serve para brasão de Loriga, e o brasão até pode ter um enorme cagalhão fumegante como peça principal desde que a ideia seja dele ou de um dos seus capangas e lacaios. Em tudo sempre colocou as suas motivações mesquinhas pessoais acima da imagem e dos interesses de Loriga e já pensando em facto consumado, ele e os seus capangas e lacaios mentem aos loriguenses como sempre fizeram: Ao contrário do que dizem, a alteração pode ser feita, deve ser feita e será feita assim que o Zeca Maria sair da Junta de Freguesia, e o Brasão das Espigas e do Carreto é lixo tal como o Brasão de Vale da Cruz, porque ambos os brasões envergonham Loriga, os loriguenses e a autarquia, e esta vila merece melhor!!


De Augusto Moura Brito, Doutor de Albarda a 10 de Junho de 2020 às 14:28
O Augusto Moura Brito Doutor de Albarda publicou uma versão falsa, omissa, tendenciosa e manipuladora da história do brasão de Loriga. Está confirmado e sem surpresa que, além de pseudohistoriador, o Augusto Moura Brito Doutor de Albarda é também hipócrita, cínico e mentiroso. Mente descaradamente e tenta fazer manipulação politica, o Augusto Moura Brito Doutor de Albarda omite propositadamente o anedótico brasão de Vale da Cruz e a merda que o seu amigo Zeca Maria fez em relação ao processo do brasão de Loriga, antes e até 2002 e em 2018, e como prejudicou a imagem de Loriga!! O Augusto Moura Brito Doutor de Albarda, ao contrário do que ele diz, contribuíu para a manutenção e inútil imposição da ilegal aberração heráldica, foi cúmplice e nada fez para impedir a merda de 2002 e contribuiu para a merda de 2018, portanto ajudou a prejudicar a imagem de Loriga!! Interviu tardiamente no processo para ajudar o seu amigo Zeca Maria, e sem surpresa fez merda!!!!!
Tanta cagança do Augusto Moura Brito Doutor de Albarda, tanta sabedoria fingida, tanta exibição em feiras de vaidades, tanto tempo literalmente desperdiçado numa qualquer instituição de ensino superior que envergonha, e o resultado é: umas Espigas e um Carreto!! Desprezam, maltratam, menorizam, subestimam e ignoram a rica história e a rica identidade histórica e cultural de Loriga, cujo nome os envergonha, e o resultado é: o Brasão de Vale da Cruz de 2002 e o Brasão das Espigas e do Carreto de 2018, indignos de Loriga e odiados pelos loriguenses!!! Legalizada ou não acham que qualquer merda serve para brasão de Loriga. Desiludam-se os que sempre colocaram as motivações mesquinhas pessoais acima da imagem e dos interesses de Loriga e que, já pensando em facto consumado, mentem aos loriguenses como sempre fizeram: A alteração pode ser feita, deve ser feita e será feita, e o Brasão das Espigas e do Carreto é lixo tal como o Brasão de Vale da Cruz!!
Os pseudoloriguenses desonestos, mentirosos e marginais têm vergonha do nome da sua terra e há décadas que arrastam na lama a imagem de Loriga e a imagem dos loriguenses, e continuam determinados a fazê-lo!! Mentirosamente dizem, entre outras coisas, que a ilustração usada formalmente pela Junta de Freguesia é o brasão legal e oficial de Loriga e têm empreendido uma luta suja e criminosa contra quem os desmascarou. Aliás, para eles qualquer merda serve para brasão de Loriga!! Os mesmos mentirosos dizem novamente que o segundo brasão do Zeca Maria não pode ser alterado e que os loriguenses têm que o aceitar ainda que não gostem. É mentira, pode e vai ser alterado porque, tal como o primeiro, o segundo brasão do Zeca Maria envergonha esta vila!!
Numa localidade normal os naturais têm orgulho do nome e da história da sua terra, mas Loriga é diferente e os burros desta vila têm vergonha da história e do nome da sua terra, acham vergonhoso que esta vila tenha nome de couraça e de haver uma Loriga no brasão da vila, também por isso em 2002 quiseram trocar a Loriga por uma cruz (tentando fazer crer que os católicos loriguenses também têm vergonha do nome da vila tal como eles), e em 2018 quiseram simplesmente eliminá-la do brasão. Para cúmulo os burros de Loriga não se limitam a terem vergonha da história e do nome desta vila, também passaram a ter vergonha por Loriga estar situada no coração da Serra da Estrela onde é uma estrela, e por isso em 2018 também quiseram eliminar a estrela de ouro do brasão da vila. Aliás tentaram inutilmente impor uma ilegal aberração heráldica, incrivelmente e impunemente usada formalmente pela autarquia como se fosse o brasão legal e oficial de Loriga, e maltratam quem se opôe a essa vergonha (inclusive com insultos e calúnias na internet). etc , etc. Ver aqui esta vergonha:
https://loriguense.files.wordpress.com/2010/01/histc3b3ria-do-brasc3a3o-de-loriga.pdf ,
https://www.facebook.com/cruz.serra.da.estrela


De História do Brasão de Loriga (PDF aqui) a 10 de Junho de 2020 às 14:36
Quem sempre disse que a ilustração usada formalmente como brasão pela autarquia é ilegal e arranjou alternativas é inimigo da vila, é odiado pelos loriguenses e não são bem vindos na vila, sejam naturais de Loriga sejam membros Comissão de Heráldica da AAP, e os capangas e lacaios do Zeca Maria têm insultado e caluniado, inclusive em comentários deixados na internet. Os pseudoloriguenses desonestos, mentirosos, marginais e mesquinhos há décadas que arrastam na lama a imagem de Loriga e a imagem dos loriguenses, e continuam determinados a fazê-lo!! Mentirosamente dizem, entre outras coisas, que a ilegal aberração heráldica usada formalmente pela Junta de Freguesia é o brasão legal e oficial de Loriga e têm empreendido uma luta suja e criminosa contra quem os desmascarou. Aliás, para eles qualquer merda serve para brasão de Loriga!! Os mesmos mentirosos dizem novamente, tal como disseram em relação ao primeiro, que o segundo brasão do Zeca Maria não pode ser alterado e que os loriguenses têm que o aceitar ainda que não gostem. É mentira, pode e vai ser alterado porque, tal como o primeiro, o segundo brasão do Zeca Maria envergonha esta vila, e só escaparia do lixo se levasse a estrela de ouro sugerida pelo historiador António Conde. Os pseudoloriguenses desonestos, mentirosos, marginais e mesquinhos há dezenas de anos que arrastam na lama a imagem de Loriga e a imagem dos loriguenses, e para eles legalizada ou não qualquer merda serve para brasão de Loriga, e por isso os dois brasões do Zeca Maria são lixo. Os mesmos mentirosos dizem novamente, tal como disseram em relação ao brasão de Vale da Cruz de 2002, que o brasão das Espigas e do Carreto de 20218, ambos do Zeca Maria, não pode ser alterado e que os loriguenses têm que o aceitar ainda que não gostem. É mentira, e a única forma de o brasão das Espigas e do Carreto do Zeca Maria escapar do lixo seria levar a estrela de ouro sugerida pelo historiador António Conde. Os pseudoloriguenses desonestos, mentirosos e marginais têm vergonha do nome da sua terra e há décadas que arrastam na lama a imagem de Loriga e a imagem dos loriguenses, e continuam determinados a fazê-lo!! Os mesmos mentirosos dizem novamente que o segundo brasão do Zeca Maria não pode ser alterado e que os loriguenses têm que o aceitar ainda que não gostem. É mentira, pode e vai ser alterado porque, tal como o primeiro, o segundo brasão do Zeca Maria envergonha a autarquia, esta vila e que nela nasceu.
Tanta cagança do Augusto Moura Brito Doutor de Albarda, tanta sabedoria fingida, tanta exibição em feiras de vaidades, tanto tempo literalmente desperdiçado numa qualquer instituição de ensino superior que envergonha, e o resultado é: umas Espigas e um Carreto!! Desprezam, maltratam, menorizam, subestimam e ignoram a rica história e a rica identidade histórica e cultural de Loriga, cujo nome os envergonha, e o resultado é: o Brasão de Vale da Cruz de 2002 e o Brasão das Espigas e do Carreto de 2018, indignos de Loriga e odiados pelos loriguenses!!! Legalizada ou não acham que qualquer merda serve para brasão de Loriga. Desiludam-se os que sempre colocaram as motivações mesquinhas pessoais acima da imagem e dos interesses de Loriga e que, já pensando em facto consumado, mentem aos loriguenses como sempre fizeram: A alteração pode ser feita, deve ser feita e será feita, e o Brasão das Espigas e do Carreto é lixo tal como o Brasão de Vale da Cruz!! Mais sobre este vergonhoso caso que arrasa a imagem de Loriga e a imagem dos loriguenses: https://loriguense.files.wordpress.com/2010/01/histc3b3ria-do-brasc3a3o-de-loriga.pdf
https://www.scribd.com/document/455897832/Historia-Do-Brasao-de-Loriga
https://www.facebook.com/cruz.serra.da.estrela
https://loriguense.files.wordpress.com/2010/01/histc3b3ria-do-brasc3a3o-de-loriga-augusto-moura-brito-doutor-de-albarda.pdf
https://www.yumpu.com/pt/document/read/63223032/historia-do-brasao-de-loriga
https://www.yumpu.com/pt/document/read/63223279/historia-do-brasao-de-loriga
https://www.yumpu.com/pt/document/read/63224060/historia-do-brasao-de-loriga
https://www.yumpu.com/pt/document/view/63357489/historia-do-brasao-de-loriga-augusto-moura-brito-doutor-de-albarda


De História do Brasão de Loriga (PDF aqui) a 10 de Junho de 2020 às 14:40
A vergonhosa e tristemente famosa saga da heráldica de Loriga, criada há décadas pelo Zeca Maria e que ele teima em manter, é apenas um entre muitos exemplos da forma de atuar desta personagem: Primeiro nega os problemas, começando pelos que ele cria, e quando já não pode negá-los desvaloriza-os, maltrata e aponta como inimigos de Loriga quem os denuncia, começando pelos loriguenses que têm mais capacidades e que apresentam soluções. Entretanto enceta uma fuga em frente e apenas quando a situação se torna insustentável para ele é que finalmente tenta resolver os problemas, mas invariavelmente faz merda. Finalmente depois de fazer merda tenta negar e desvalorizar a merda que fez, maltrata quem denuncia essa merda, e mantem a sua posição e a fuga em frente mesmo sabendo que está a prejudicar Loriga, a imagem desta vila e a imagem dos loriguenses!! Para ele, e para os seus capangas e lacaios, Loriga é ele, a Junta de Freguesia é ele, a Assembleia de Freguesia é ele, e quem não o apoia é inimigo de Loriga, é odiado pelos loriguenses e não é bem-vindo na vila!! Os seus capangas e lacaios maltratam, insultam e caluniam quem não concorda com ele, inclusive na internet e essa vergonha viu-se na Wikipédia, no site Terras de Portugal, no site Porta da Estrela, no site Loriga.de atribuído ao Adelino Pina Fariseu Alemão, etc!! Não é por acaso que se tornou um fardo insuportável para o partido que o inicialmente o apoiou no passado, aliás nenhum partido o quer apoiar e isso fez aumentar a sua já antiga faceta populista tosca e saloia que se tornou a maldição de Loriga. Maldição porque qualquer tipo de populismo gera carneirada acéfala que usa óculos de sola, com consequências trágicas, como a história está farta de o demonstrar, e neste caso está em causa esta bela e histórica vila, a imagem de Loriga e a imagem de quem nela nasceu! O Zeca Maria tem muita cagança, apresentou-se como "salvador da pátria" (de Loriga), finge sabedoria e competência que nunca teve, proclama o amor à sua terra mas tem vergonha do nome e da história desta vila, nome que gostaria de alterar e também por isso acha vergonhoso que o brasão tenha uma Loriga e em 2002 quis substituí-la por uma cruz ( para dar a entender que os católicos loriguenses também têm vergonha do nome ) e em 2018 quis eliminá-la. Aliás, se calhar também passou a ter vergonha por Loriga estar situada no coração da Serra da Estrela e por esta vila ser uma estrela nesta serra e por isso em 2018 também não quis a estrela no brasão!! O Zeca Maria há décadas que arrasta na lama a imagem de Loriga, a imagem dos loriguenses e a imagem da autarquia, e não apenas com a vergonhosa saga da heráldica!! Apesar de autarca despreza, maltrata, menoriza, subestima e ignora a rica história (quis eliminar a história de Loriga no site da autarquia) e a rica identidade histórica e cultural de Loriga, cujo nome o envergonha, e o resultado é: o Brasão de Vale da Cruz de 2002 e o Brasão das Espigas e do Carreto de 2018, indignos de Loriga e odiados pelos loriguenses!!! Legalizada ou não, ele e os seus capangas e lacaios acham que qualquer merda serve para brasão de Loriga, e o brasão até pode ter um enorme cagalhão fumegante como peça principal desde que a ideia seja dele ou de um dos seus capangas e lacaios. Em tudo sempre colocou as suas motivações mesquinhas pessoais acima da imagem e dos interesses de Loriga e já pensando em facto consumado, ele e os seus capangas e lacaios mentem aos loriguenses como sempre fizeram: Ao contrário do que dizem, a alteração pode ser feita, deve ser feita e será feita assim que o Zeca Maria sair da Junta de Freguesia, e o Brasão das Espigas e do Carreto é lixo tal como o Brasão de Vale da Cruz, porque ambos os brasões envergonham Loriga, os loriguenses e a autarquia, e esta vila merece melhor!!


De História do Brasão de Loriga (PDF aqui) a 10 de Junho de 2020 às 14:44
O Augusto Moura Brito Doutor de Albarda publicou uma versão falsa, omissa, tendenciosa e manipuladora da história do brasão de Loriga. Está confirmado e sem surpresa que, além de pseudohistoriador, o Augusto Moura Brito Doutor de Albarda é também hipócrita, cínico e mentiroso. Mente descaradamente e tenta fazer manipulação politica, o Augusto Moura Brito Doutor de Albarda omite propositadamente o anedótico brasão de Vale da Cruz e a merda que o seu amigo Zeca Maria fez em relação ao processo do brasão de Loriga, antes e até 2002 e em 2018, e como prejudicou a imagem de Loriga!! O Augusto Moura Brito Doutor de Albarda, ao contrário do que ele diz, contribuíu para a manutenção e inútil imposição da ilegal aberração heráldica, foi cúmplice e nada fez para impedir a merda de 2002 e contribuiu para a merda de 2018, portanto ajudou a prejudicar a imagem de Loriga!! Interviu tardiamente no processo para ajudar o seu amigo Zeca Maria, e sem surpresa fez merda!!!!!
Tanta cagança do Augusto Moura Brito Doutor de Albarda, tanta sabedoria fingida, tanta exibição em feiras de vaidades, tanto tempo literalmente desperdiçado numa qualquer instituição de ensino superior que envergonha, e o resultado é: umas Espigas e um Carreto!! Desprezam, maltratam, menorizam, subestimam e ignoram a rica história e a rica identidade histórica e cultural de Loriga, cujo nome os envergonha, e o resultado é: o Brasão de Vale da Cruz de 2002 e o Brasão das Espigas e do Carreto de 2018, indignos de Loriga e odiados pelos loriguenses!!! Legalizada ou não acham que qualquer merda serve para brasão de Loriga. Desiludam-se os que sempre colocaram as motivações mesquinhas pessoais acima da imagem e dos interesses de Loriga e que, já pensando em facto consumado, mentem aos loriguenses como sempre fizeram: A alteração pode ser feita, deve ser feita e será feita, e o Brasão das Espigas e do Carreto é lixo tal como o Brasão de Vale da Cruz!!
Os pseudoloriguenses desonestos, mentirosos e marginais têm vergonha do nome da sua terra e há décadas que arrastam na lama a imagem de Loriga e a imagem dos loriguenses, e continuam determinados a fazê-lo!! Mentirosamente dizem, entre outras coisas, que a ilustração usada formalmente pela Junta de Freguesia é o brasão legal e oficial de Loriga e têm empreendido uma luta suja e criminosa contra quem os desmascarou. Aliás, para eles qualquer merda serve para brasão de Loriga!! Os mesmos mentirosos dizem novamente que o segundo brasão do Zeca Maria não pode ser alterado e que os loriguenses têm que o aceitar ainda que não gostem. É mentira, pode e vai ser alterado porque, tal como o primeiro, o segundo brasão do Zeca Maria envergonha esta vila!!
Numa localidade normal os naturais têm orgulho do nome e da história da sua terra, mas Loriga é diferente e os burros desta vila têm vergonha da história e do nome da sua terra, acham vergonhoso que esta vila tenha nome de couraça e de haver uma Loriga no brasão da vila, também por isso em 2002 quiseram trocar a Loriga por uma cruz (tentando fazer crer que os católicos loriguenses também têm vergonha do nome da vila tal como eles), e em 2018 quiseram simplesmente eliminá-la do brasão. Para cúmulo os burros de Loriga não se limitam a terem vergonha da história e do nome desta vila, também passaram a ter vergonha por Loriga estar situada no coração da Serra da Estrela onde é uma estrela, e por isso em 2018 também quiseram eliminar a estrela de ouro do brasão da vila. Aliás tentaram inutilmente impor uma ilegal aberração heráldica, incrivelmente e impunemente usada formalmente pela autarquia como se fosse o brasão legal e oficial de Loriga, e maltratam quem se opôe a essa vergonha (inclusive com insultos e calúnias na internet). etc , etc. Ver aqui esta vergonha:
https://loriguense.files.wordpress.com/2010/01/histc3b3ria-do-brasc3a3o-de-loriga-augusto-moura-brito-doutor-de-albarda.pdf ,
https://www.facebook.com/cruz.serra.da.estrela


De História do Brasão de Loriga (PDF aqui) a 10 de Junho de 2020 às 14:47
Quem sempre disse que a ilustração usada formalmente como brasão pela autarquia é ilegal e arranjou alternativas é inimigo da vila, é odiado pelos loriguenses e não são bem vindos na vila, sejam naturais de Loriga sejam membros Comissão de Heráldica da AAP, e os capangas e lacaios do Zeca Maria têm insultado e caluniado, inclusive em comentários deixados na internet. Os pseudoloriguenses desonestos, mentirosos, marginais e mesquinhos há décadas que arrastam na lama a imagem de Loriga e a imagem dos loriguenses, e continuam determinados a fazê-lo!! Mentirosamente dizem, entre outras coisas, que a ilegal aberração heráldica usada formalmente pela Junta de Freguesia é o brasão legal e oficial de Loriga e têm empreendido uma luta suja e criminosa contra quem os desmascarou. Aliás, para eles qualquer merda serve para brasão de Loriga!! Os mesmos mentirosos dizem novamente, tal como disseram em relação ao primeiro, que o segundo brasão do Zeca Maria não pode ser alterado e que os loriguenses têm que o aceitar ainda que não gostem. É mentira, pode e vai ser alterado porque, tal como o primeiro, o segundo brasão do Zeca Maria envergonha esta vila, e só escaparia do lixo se levasse a estrela de ouro sugerida pelo historiador António Conde. Os pseudoloriguenses desonestos, mentirosos, marginais e mesquinhos há dezenas de anos que arrastam na lama a imagem de Loriga e a imagem dos loriguenses, e para eles legalizada ou não qualquer merda serve para brasão de Loriga, e por isso os dois brasões do Zeca Maria são lixo. Os mesmos mentirosos dizem novamente, tal como disseram em relação ao brasão de Vale da Cruz de 2002, que o brasão das Espigas e do Carreto de 20218, ambos do Zeca Maria, não pode ser alterado e que os loriguenses têm que o aceitar ainda que não gostem. É mentira, e a única forma de o brasão das Espigas e do Carreto do Zeca Maria escapar do lixo seria levar a estrela de ouro sugerida pelo historiador António Conde. Os pseudoloriguenses desonestos, mentirosos e marginais têm vergonha do nome da sua terra e há décadas que arrastam na lama a imagem de Loriga e a imagem dos loriguenses, e continuam determinados a fazê-lo!! Os mesmos mentirosos dizem novamente que o segundo brasão do Zeca Maria não pode ser alterado e que os loriguenses têm que o aceitar ainda que não gostem. É mentira, pode e vai ser alterado porque, tal como o primeiro, o segundo brasão do Zeca Maria envergonha a autarquia, esta vila e que nela nasceu.
Tanta cagança do Augusto Moura Brito Doutor de Albarda, tanta sabedoria fingida, tanta exibição em feiras de vaidades, tanto tempo literalmente desperdiçado numa qualquer instituição de ensino superior que envergonha, e o resultado é: umas Espigas e um Carreto!! Desprezam, maltratam, menorizam, subestimam e ignoram a rica história e a rica identidade histórica e cultural de Loriga, cujo nome os envergonha, e o resultado é: o Brasão de Vale da Cruz de 2002 e o Brasão das Espigas e do Carreto de 2018, indignos de Loriga e odiados pelos loriguenses!!! Legalizada ou não acham que qualquer merda serve para brasão de Loriga. Desiludam-se os que sempre colocaram as motivações mesquinhas pessoais acima da imagem e dos interesses de Loriga e que, já pensando em facto consumado, mentem aos loriguenses como sempre fizeram: A alteração pode ser feita, deve ser feita e será feita, e o Brasão das Espigas e do Carreto é lixo tal como o Brasão de Vale da Cruz!! Mais sobre este vergonhoso caso que arrasa a imagem de Loriga e a imagem dos loriguenses: https://loriguense.files.wordpress.com/2010/01/histc3b3ria-do-brasc3a3o-de-loriga.pdf
https://www.scribd.com/document/455897832/Historia-Do-Brasao-de-Loriga
https://www.facebook.com/cruz.serra.da.estrela
https://loriguense.files.wordpress.com/2010/01/histc3b3ria-do-brasc3a3o-de-loriga-augusto-moura-brito-doutor-de-albarda.pdf
https://www.yumpu.com/pt/document/read/63223032/historia-do-brasao-de-loriga
https://www.yumpu.com/pt/document/read/63223279/historia-do-brasao-de-loriga
https://www.yumpu.com/pt/document/read/63224060/historia-do-brasao-de-loriga
https://www.yumpu.com/pt/document/view/63357489/historia-do-brasao-de-loriga-augusto-moura-brito-doutor-de-albarda


De História do Brasão de Loriga (PDF aqui) a 10 de Junho de 2020 às 14:49
A vergonhosa e tristemente famosa saga da heráldica de Loriga, criada há décadas pelo Zeca Maria e que ele teima em manter, é apenas um entre muitos exemplos da forma de atuar desta personagem: Primeiro nega os problemas, começando pelos que ele cria, e quando já não pode negá-los desvaloriza-os, maltrata e aponta como inimigos de Loriga quem os denuncia, começando pelos loriguenses que têm mais capacidades e que apresentam soluções. Entretanto enceta uma fuga em frente e apenas quando a situação se torna insustentável para ele é que finalmente tenta resolver os problemas, mas invariavelmente faz merda. Finalmente depois de fazer merda tenta negar e desvalorizar a merda que fez, maltrata quem denuncia essa merda, e mantem a sua posição e a fuga em frente mesmo sabendo que está a prejudicar Loriga, a imagem desta vila e a imagem dos loriguenses!! Para ele, e para os seus capangas e lacaios, Loriga é ele, a Junta de Freguesia é ele, a Assembleia de Freguesia é ele, e quem não o apoia é inimigo de Loriga, é odiado pelos loriguenses e não é bem-vindo na vila!! Os seus capangas e lacaios maltratam, insultam e caluniam quem não concorda com ele, inclusive na internet e essa vergonha viu-se na Wikipédia, no site Terras de Portugal, no site Porta da Estrela, no site Loriga.de atribuído ao Adelino Pina Fariseu Alemão, etc!! Não é por acaso que se tornou um fardo insuportável para o partido que o inicialmente o apoiou no passado, aliás nenhum partido o quer apoiar e isso fez aumentar a sua já antiga faceta populista tosca e saloia que se tornou a maldição de Loriga. Maldição porque qualquer tipo de populismo gera carneirada acéfala que usa óculos de sola, com consequências trágicas, como a história está farta de o demonstrar, e neste caso está em causa esta bela e histórica vila, a imagem de Loriga e a imagem de quem nela nasceu! O Zeca Maria tem muita cagança, apresentou-se como "salvador da pátria" (de Loriga), finge sabedoria e competência que nunca teve, proclama o amor à sua terra mas tem vergonha do nome e da história desta vila, nome que gostaria de alterar e também por isso acha vergonhoso que o brasão tenha uma Loriga e em 2002 quis substituí-la por uma cruz ( para dar a entender que os católicos loriguenses também têm vergonha do nome ) e em 2018 quis eliminá-la. Aliás, se calhar também passou a ter vergonha por Loriga estar situada no coração da Serra da Estrela e por esta vila ser uma estrela nesta serra e por isso em 2018 também não quis a estrela no brasão!! O Zeca Maria há décadas que arrasta na lama a imagem de Loriga, a imagem dos loriguenses e a imagem da autarquia, e não apenas com a vergonhosa saga da heráldica!! Apesar de autarca despreza, maltrata, menoriza, subestima e ignora a rica história (quis eliminar a história de Loriga no site da autarquia) e a rica identidade histórica e cultural de Loriga, cujo nome o envergonha, e o resultado é: o Brasão de Vale da Cruz de 2002 e o Brasão das Espigas e do Carreto de 2018, indignos de Loriga e odiados pelos loriguenses!!! Legalizada ou não, ele e os seus capangas e lacaios acham que qualquer merda serve para brasão de Loriga, e o brasão até pode ter um enorme cagalhão fumegante como peça principal desde que a ideia seja dele ou de um dos seus capangas e lacaios. Em tudo sempre colocou as suas motivações mesquinhas pessoais acima da imagem e dos interesses de Loriga e já pensando em facto consumado, ele e os seus capangas e lacaios mentem aos loriguenses como sempre fizeram: Ao contrário do que dizem, a alteração pode ser feita, deve ser feita e será feita assim que o Zeca Maria sair da Junta de Freguesia, e o Brasão das Espigas e do Carreto é lixo tal como o Brasão de Vale da Cruz, porque ambos os brasões envergonham Loriga, os loriguenses e a autarquia, e esta vila merece melhor!!


De História do Brasão de Loriga (PDF aqui) a 10 de Junho de 2020 às 14:56
Quem sempre disse que a ilustração usada formalmente como brasão pela autarquia é ilegal e arranjou alternativas é inimigo da vila, é odiado pelos loriguenses e não são bem vindos na vila, sejam naturais de Loriga sejam membros Comissão de Heráldica da AAP, e os capangas e lacaios do Zeca Maria têm insultado e caluniado, inclusive em comentários deixados na internet. Os pseudoloriguenses desonestos, mentirosos, marginais e mesquinhos há décadas que arrastam na lama a imagem de Loriga e a imagem dos loriguenses, e continuam determinados a fazê-lo!! Mentirosamente dizem, entre outras coisas, que a ilegal aberração heráldica usada formalmente pela Junta de Freguesia é o brasão legal e oficial de Loriga e têm empreendido uma luta suja e criminosa contra quem os desmascarou. Aliás, para eles qualquer merda serve para brasão de Loriga!! Os mesmos mentirosos dizem novamente, tal como disseram em relação ao primeiro, que o segundo brasão do Zeca Maria não pode ser alterado e que os loriguenses têm que o aceitar ainda que não gostem. É mentira, pode e vai ser alterado porque, tal como o primeiro, o segundo brasão do Zeca Maria envergonha a autarquia, esta vila e quem nela nasceu. Os pseudoloriguenses desonestos, mentirosos, marginais e mesquinhos há dezenas de anos que arrastam na lama a imagem de Loriga e a imagem dos loriguenses, e para eles legalizada ou não qualquer merda serve para brasão de Loriga, e por isso os dois brasões do Zeca Maria são lixo. Os mesmos mentirosos dizem novamente, tal como disseram em relação ao brasão de Vale da Cruz de 2002, que o brasão das Espigas e do Carreto de 20218, ambos do Zeca Maria, não pode ser alterado e que os loriguenses têm que o aceitar ainda que não gostem. É mentira, e a única forma de o brasão das Espigas e do Carreto do Zeca Maria escapar do lixo seria levar a estrela de ouro sugerida pelo historiador António Conde. Os pseudoloriguenses desonestos, mentirosos e marginais têm vergonha do nome da sua terra e há décadas que arrastam na lama a imagem de Loriga e a imagem dos loriguenses, e continuam determinados a fazê-lo!! Os mesmos mentirosos dizem novamente que o segundo brasão do Zeca Maria não pode ser alterado e que os loriguenses têm que o aceitar ainda que não gostem. É mentira, pode e vai ser alterado porque, tal como o primeiro, o segundo brasão do Zeca Maria envergonha a autarquia, esta vila e que nela nasceu.
Tanta cagança do Augusto Moura Brito Doutor de Albarda, tanta sabedoria fingida, tanta exibição em feiras de vaidades, tanto tempo literalmente desperdiçado numa qualquer instituição de ensino superior que envergonha, e o resultado é: umas Espigas e um Carreto!! Desprezam, maltratam, menorizam, subestimam e ignoram a rica história e a rica identidade histórica e cultural de Loriga, cujo nome os envergonha, e o resultado é: o Brasão de Vale da Cruz de 2002 e o Brasão das Espigas e do Carreto de 2018, indignos de Loriga e odiados pelos loriguenses!!! Legalizada ou não acham que qualquer merda serve para brasão de Loriga. Desiludam-se os que sempre colocaram as motivações mesquinhas pessoais acima da imagem e dos interesses de Loriga e que, já pensando em facto consumado, mentem aos loriguenses como sempre fizeram: A alteração pode ser feita, deve ser feita e será feita, e o Brasão das Espigas e do Carreto é lixo tal como o Brasão de Vale da Cruz!! Mais sobre este vergonhoso caso que arrasa a imagem de Loriga e a imagem dos loriguenses: https://loriguense.files.wordpress.com/2010/01/histc3b3ria-do-brasc3a3o-de-loriga.pdf
https://www.scribd.com/document/455897832/Historia-Do-Brasao-de-Loriga
https://www.facebook.com/cruz.serra.da.estrela
https://loriguense.files.wordpress.com/2010/01/histc3b3ria-do-brasc3a3o-de-loriga-augusto-moura-brito-doutor-de-albarda.pdf
https://www.yumpu.com/pt/document/read/63223032/historia-do-brasao-de-loriga
https://www.yumpu.com/pt/document/read/63223279/historia-do-brasao-de-loriga
https://www.yumpu.com/pt/document/read/63224060/historia-do-brasao-de-loriga
https://www.yumpu.com/pt/document/view/63357489/historia-do-brasao-de-loriga-augusto-moura-brito-doutor-de-albarda


De História do Brasão de Loriga PDF (aqui) a 23 de Junho de 2020 às 10:49
Ainda a propósito do Zeca Maria, a esmagadora maioria dos loriguenses detesta o brasão de Vale da Cruz de 2002 e o brasão das Espigas e do Carreto de 2018, ambos arranjados por ele e condenados ao lixo. No entanto, e como é habitual os loriguenses sofrem, calam e consentem descontentes, e exeto algumas poucas raras exceções, apenas falam e criticam por detrás, não têm coragem para se oporem abertamente, e sucumbiram ás manobras de intimidação e de condicionamento orquestradas pelo Zeca Maria e pelos seus capangas e lacaios. Manobras de intimidação e de condicionamento muito fáceis de realizar num meio pequeno e deprimido como é Loriga, ás quais nem o pároco escapou, sendo um bom exemplo dos perigos do populismo e consequente carneirada acéfala. que como tal tem um comportamento destrutivo e suicidário, acabando por destruir aquilo que enganosamente os levou a apoiar o apregoado salvador populista. A habitual e histórica receita para o desastre... Para ajudar a explicar o que atrás foi escrito segue-se a transcrição de um significativo e demonstrativo documento muito divulgado e que inclusive foi distribuído na vila:
ELEIÇÕES AUTÁRQUICAS EM LORIGA
CARTA ABERTA AO CANDIDATO "INDEPENDENTE" JOSE MANUEL ALMEIDA PINTO também conhecido por (ZECA MARIA)

Introdução:
Apesar de não votar em Loriga, foi aqui que nasci e nunca deixei de acompanhar o quotidiano de Loriga.
Circunstâncias recentes,deixam-me apreensivo com o seu futuro, quando vejo a possibilidade de se repetirem "cenários" dos interesses pessoais, asubverter os interesses dos Loriguenses.
As eleições, nomeadamente as locais, são de vital importância para as populações.
O nível de desempenho dos eleitos, reflecte-se na qualidade do mandato.
Ninguem melhor do que as populações locais, conhece os candidatos que se apresentam à eleição.
Cabe portanto aos eleitores, depois de analisarem o perfil dos candidatos, decidir o seu voto.
O voto, é assim uma poderosa "arma", que as populações têm para eleger os seus representantes.
As populações devem usar a "arma" do voto, para eleger pessoas que tenham como único objectivo, trabalhar para o bem comum das populações, e repudiar pessoas com experiencias de vida pouco dignificantes, para o exigente exercício de representantes das populações.
Aproxima-se mais uma data decisiva, para Loriga e o seu futuro.
Para as próximas eleições, já se perfilam vários candidatos, o que é de louvar e saudável, a bem da democracia.
O que não é louvável nem saudável, e começa aqui a razão de ser desta "Carta Aberta", é que entre os candidatos já anunciados, apareça o candidato Jose Manuel Almeida Pinto.
Aos candidatos à Presidência de uma Junta de Freguesia, exige-se entre outros atributos pessoais eprofissionais, HONESTIDADE, COMPETÊNCIA, RIGÔR E TRANSPARÊNCIA.
O cidadão Jose Manuel Almeida Pinto, evidenciou ao longo da sua vida pessoal, profissional e autarca, que é a negação daquelas atributos.
E exactamente por ser DESONESTO, INCOMPETENTE, PREPOTENTE E OBSCURO, nunca poderia ter tido a ousadia, de se apresentar como candidato às próximas eleições autárquicas.
A ânsia do poder, não lhe permitem ter o discernimento, de se auto-retratar e assumir, que a sua reputação desde há muito está entranhada no lodo, donde dificilmente sairá.
Foram muitos os casos desconhecidos de muitos Loriguenses, mas que hoje através desta carta aberta, vão ficar a conhecer alguns deles.
E se não aceitar como verdadeiras, as descrições que vou referir, tem todo o direito de as contestar.
Cá estarei posteriormente, para provar documentalmente, o que vou divulgar.
Basta de falta de respeito, a Loriga e aos Loriguenses, aos felizmente vivos, mas também aos infelizmente já falecidos.
Casos a merecerem esclarecimento, que têm um denominador comum, o candidato Jose Manuel Almeida Pinto
Todos os elementos da lista do Jose Manuel Almeida Pinto, por obrigação e dever aos Loriguenses, devem exigir explicações publicas.



De História do Brasão de Loriga PDF (aqui) a 23 de Junho de 2020 às 10:57
1º Caso
Fábrica de Malhas Pinto Lucas, Lda
A família Pinto Lucas, emigrantes há largas décadas em Belém - Pará - Brasil, amealharam com muito trabalho, dedicação e honestidade, algum capital financeiro, que um dia decidiram investir na terra que os viu nascer.
Foi assim que nasceu a empresa Malhas Pinto Lucas, Lda, criando dezenas de postos de trabalho, numa Loriga que deles necessitava, face ao declínio da industria de lanifícios, e dos problemas na concorrente Lorimalhas/Loriseia.
A família Pinto Lucas, disponibilizou centenas e centenas de milhares de euros, para dotar a empresa do capital necessário, para a compra de máquinas e o desenvolvimento da sua actividade empresarial.
Confiou a missão da gestão da empresa, aoJose Manuel Almeida Pinto.
Passado algum tempo, tudo perderam, ficaram sem a empresa e capital investido.
A família Pinto Lucas, sofreu elevada perda financeira e foi defraudada nas suas expectativas.!!!
E quem os defraudou foi o Jose Manuel Almeida Pinto, por incompetência na gestão da empresa, mas muita competência na DESONESTIDADE e OBSCURIDADE.
Esta empresaque esteve em vias de encerrar as sua actividade, pela acção directa do Jose Manuel Almeida Pinto, felizmente continua a laborar em Loriga, depois de ser adquirida por pessoas trabalhadoras e honestas, mas sem a nefasta colaboração do Jose Manuel Almeida Pinto.
Comprovou-se assim, onde estava o "problema" da empresa Malas Pinto Lucas, Lda.
O Jose Manuel Almeida Pinto, posteriormente teve "arte" e "capital financeiro", vindo sabe-se lá de onde, para montar a sua própria empresa de malhas, e fazer concorrência à Pinto Lucas, Lda.
Entretanto passado algum tempo, essa empresa desapareceu….!!!
Fico-me por aqui, porque estaria horas a escrever sobre factos passados na empresa Pinto Lucas, Lda.
Loriga no entanto,deve estar agradecida à família Pinto Lucas, pela sua iniciativa, bem como assim,a todos os industriais que nela investiram, criando postos de trabalho e ajudando a economia local.

2º Caso
Fundação Cardoso de Moura
Enquanto exerci o mandato de Administrador da Fundação Cardoso de Moura, houve um estranho caso, que nunca foi cabalmente esclarecido, e que merece ser recordado neste momento.
Um dia, dei conta do levantamento de DEZ MIL EUROS, da conta bancária na Caixa de Crédito Agricola.
A Administração nunca tinha alterado as assinaturas, junto da Caixa de Crédito Agricola, mantendo-se as assinaturas dos elementos da Junta de Freguesia, à data presidida pelo Jose Manuel Almeida Pinto.
Questionado o Jose Manuel Almeida Pinto, sobre a justificação e o destino dos € 10.000 (Dez Mil Euros), foram sempre dadas respostas evasivas, sobre um eventual negócio imobiliário em Loriga, que seria adquirido para a Junta de Freguesia.
Se o imóvel era para a Junta de Freguesia, não tinha de ser utilizada a conta bancária da Fundação Cardoso de Moura, e muito menos à revelia dos Administradores da Fundação.
Naturalmente, modificámos de imediato as assinaturas, para os Administradores da Fundação.
Os € 10.000 (Dez Mil Euros),nunca foram repostos, pelo menos até à minha saída de Administrador.
Este caso, confere ilícitos, como abuso de poder, abuso de confiança, e no limite roubo.
Seria interessante fazer uma auditoria, à contabilidade da Junta de Freguesia de Loriga, e saber como foi contabilizado aquele montante.

3º Caso
Venda de terrenos na zona da praia fluvial, pela família do Senhor Veloso.
Um dia o filho do Dr João Veloso, e neto do Sr Veloso, confidenciou-me que o seu Pai estava desgostoso com a Junta de Freguesia, à data presidida pelo Jose Manuel Almeida Pinto.
Este teria manifestado interesse em comprar para a Junta de Freguesia, terrenos adjacentes à Praia Fluvial, para ali instalar estrutura de apoio à praia fluvial, nomeadamente parque de estacionamento automóvel.
Face ao interesse publico, e em atenção à memória do seu Pai, o Dr João Veloso falou com a família, e concordaram fazer um preço especial, vendendo à Junta de Freguesia, abaixo do valor que seria praticado para um negócio particular.
Veio a ser confrontado posteriormente, com a compra a ser assumida por particulares, e não pelo Junta de Freguesia.
E sabe-se bem, a falta que faz um parque de estacionamento naquela zona.
Seria bom divulgar, quem foram os particulares que adquiriram o terreno.



Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
19
20

22
23
24
25
26

28
29
30
31


.posts recentes

. Brasão de Loriga

. Dirigentes

. As minhas desculpas

. Procissão de velas

. "Manga de alpaca" II

. Futebol

. "Manga de alpaca"

. SANTIAGO

. Início

.arquivos

. Outubro 2007

. Setembro 2007

blogs SAPO

.subscrever feeds